Logo Grupo VGV horizontal
CONFIRA OS PRINCIPAIS INDICADORES DO MERCADO IMOBILIÁRIO | SELIC 10,75% (20/03/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL VENDA +0,64% (04/Abril/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL LOCAÇÃO +1,16% (16/Abril/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL VENDA +0,07% (22/03/2024) | IGP-M -0,47% (27/03/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL LOCAÇÃO +0,73% (22/Mar/2024) | IPCA 0,16% (10/04/2024) | INCC-M +0,24% (25/Mar/2024) | INCC-DI +0,28% (05/04/2024) | IVAR 1,06% (04/04/2024) |

Short Stay: uma tendência que ganha espaço no mercado imobiliário

Compartilhar a notícia

Short Stay: Uma abordagem dinâmica que redefine o conceito de hospedagem e impulsiona o mercado imobiliário para novas fronteiras.

por Thiago Barreto

No cenário dinâmico do mercado imobiliário, uma tendência em ascensão tem capturado a atenção de investidores e proprietários: o Short Stay, uma modalidade de aluguel temporário que está transformando a forma como as propriedades são utilizadas.

O Que é o Short Stay?

O Short Stay refere-se ao aluguel temporário de imóveis, geralmente por períodos curtos que variam de alguns dias a algumas semanas. Esse modelo de hospedagem ganhou popularidade significativa nos últimos anos devido à flexibilidade que oferece aos viajantes e à rentabilidade para os proprietários.

Vantagens para Proprietários: Maximizando o Potencial do Imóvel

Para os proprietários de imóveis, a adoção do Short Stay pode ser uma estratégia inteligente para otimizar o retorno sobre o investimento. Ao invés de depender exclusivamente de locações de longo prazo, o Short Stay permite que os proprietários atinjam uma base de clientes mais ampla, incluindo turistas, viajantes a negócios e nômades digitais.

Além disso, a natureza temporária dessas locações muitas vezes permite que os proprietários ajustem as tarifas de acordo com a demanda sazonal, resultando em maiores margens de lucro. Propriedades localizadas em áreas turísticas, centros urbanos ou próximas a eventos específicos podem se beneficiar particularmente dessa abordagem flexível.

A Experiência do Hóspede: Mais do que uma Estadia, uma Vivência

Para os viajantes, o Short Stay oferece uma alternativa atraente aos hotéis convencionais, proporcionando uma experiência mais autêntica e personalizada. Muitos preferem a sensação de “morar como um local”, explorando bairros e vivendo em comunidades locais durante sua estadia.

Além disso, a disponibilidade de propriedades totalmente mobiliadas e equipadas oferece conveniência e conforto, muitas vezes superando as opções tradicionais de hospedagem. Para viagens de curto prazo, essa opção pode ser mais atraente e econômica do que os hotéis convencionais.

Regulamentação e Desafios

Apesar dos benefícios evidentes, a ascensão do Short Stay também levanta questões sobre a regulamentação e gestão adequada. Muitas cidades estão implementando legislações específicas para lidar com a natureza temporária dessas locações, buscando equilibrar os interesses dos proprietários, dos hóspedes e das comunidades locais.

O Futuro do Short Stay no Mercado Imobiliário

À medida que a sociedade se torna mais móvel e a demanda por experiências autênticas cresce, espera-se que o Short Stay continue a desempenhar um papel fundamental no mercado imobiliário. A adaptabilidade dos proprietários e as abordagens inovadoras para a gestão dessas propriedades serão cruciais para maximizar os benefícios dessa tendência emergente.

Em resumo, o Short Stay está redefinindo a paisagem do mercado imobiliário, oferecendo oportunidades emocionantes para proprietários e uma alternativa atraente para os viajantes modernos. O sucesso nesse novo cenário dependerá da capacidade de abraçar a mudança e aproveitar as oportunidades que o Short Stay oferece.

___

Fique bem informado sobre o mercado imobiliário através do canal do Portal VGV no WhatsApp. Siga já e receba nosso conteúdo em primeira mão: https://whatsapp.com/channel/0029Va8dBp9LI8YX1F7tpl22

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar a notícia

Veja mais

Foto por Pedro Ribeiro Segundo o Índice FipeZap, os preços de locação residencial no Brasil tiveram um aumento significativo de ...
O mercado imobiliário de São Paulo apresentou quase 16 mil transações de compra e venda de imóveis em Janeiro deste ...
Veja todas as regras do FGTS futuro e saiba os detalhes de como ele funciona nos financiamentos imobiliários ...
O estudo indica que o faturamento deflacionado das indústrias de materiais de construção apresentou crescimento de 2,8% no acumulado até ...
Será que podemos ter um novo boom imobiliário no Brasil? Dados recentes apontam venda recorde de novos imóveis, demanda por ...
Foto por Davi Costa No último mês de março, os índices de inflação no Brasil, tanto o IPCA (Índice Nacional ...
Ao mesmo tempo em que vive um bom momento de vendas, setor imobiliário precisa lidar com um entrave: a falta ...
O Índice Nacional de Custo da Construção – Disponibilidade Interna (INCC-DI), calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), é um dos ...
Foto por Leohoho O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) registrou um aumento de 1,06% em março de 2024, ...
Foto por Alex Caceres O mercado imobiliário brasileiro continua a apresentar sinais de dinamismo, com o Índice FipeZAP registrando um ...

Banca VGV