Logo Grupo VGV horizontal
CONFIRA OS PRINCIPAIS INDICADORES DO MERCADO IMOBILIÁRIO | SELIC 10,75% (20/03/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL VENDA +0,64% (04/Abril/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL LOCAÇÃO +1,16% (16/Abril/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL VENDA +0,07% (22/03/2024) | IGP-M -0,47% (27/03/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL LOCAÇÃO +0,73% (22/Mar/2024) | IPCA 0,16% (10/04/2024) | INCC-M +0,24% (25/Mar/2024) | INCC-DI +0,28% (05/04/2024) | IVAR 1,06% (04/04/2024) |

FGTS Futuro: Caixa inicia contratações de financiamentos habitacionais em abril

Compartilhar a notícia

A Caixa Econômica Federal anunciou o lançamento de uma nova modalidade de financiamento habitacional, que tem como objetivo ampliar o acesso à moradia para trabalhadores com renda de até R$ 2.640. A operação, aprovada pelo Conselho Curador do FGTS, estará disponível a partir de abril e visa facilitar a aquisição de imóveis novos e usados por meio do programa Minha Casa, Minha Vida.

Chamada de FGTS Futuro, essa iniciativa permite que o titular da conta vinculada do FGTS autorize a caução dos créditos disponíveis nas contas do fundo por um período de até 120 meses no ato da contratação do crédito habitacional. Essa autorização poderá ser realizada diretamente pelo aplicativo FGTS, proporcionando maior comodidade aos beneficiários.

Segundo a vice-presidente de Habitação da Caixa, Inês Magalhães, essa é uma medida inédita e de relevância para aumentar o acesso à moradia, especialmente para as famílias de baixa renda, que enfrentam desafios significativos nesse sentido.

Durante o processo de contratação do financiamento, o banco informará ao trabalhador a capacidade de pagamento para o financiamento habitacional, com e sem a utilização dos depósitos futuros do FGTS. Caso o trabalhador opte pelo uso do FGTS Futuro, os valores serão bloqueados na conta vinculada até a quitação total do saldo devedor.

No entanto, é importante observar que, em caso de demissão, o trabalhador não poderá sacar o saldo da conta do FGTS que estiver comprometido com o financiamento do imóvel. Todos os recursos excedentes disponíveis na conta do FGTS serão utilizados para reduzir a dívida, exceto a multa rescisória de 40%, que permanece exclusiva do trabalhador.

A Caixa esclarece que a decisão de utilizar ou não esse recurso é exclusiva do trabalhador e a medida é válida apenas para novos contratos de financiamento. A opção pelo FGTS Futuro só pode ser feita no momento da contratação da operação, sendo que posteriormente o cliente poderá fazer uso dos recursos depositados em sua conta vinculada do FGTS de acordo com as demais modalidades previstas em lei.

Essa nova modalidade de financiamento habitacional representa um esforço significativo para oferecer soluções acessíveis e viáveis para que mais brasileiros realizem o sonho da casa própria. Com a utilização do FGTS Futuro, espera-se que mais famílias de baixa renda tenham a oportunidade de conquistar sua moradia digna e segura.

Redação VGV com informações do Caixa

___

Como acompanhar os principais indicadores do mercado imobiliário?

Se você que saber os principais índices do mercado imobiliário, assine gratuitamente o Boletim VGV, nossa newsletter quinzenal com as principais atualizações do setor.

Caso você seja dono de incorporadora e esteja buscando agência de marketing imobiliário para construtoras e incorporadoras, temos soluções específicas para lhe apoiar em seus negócios imobiliários. Fale com nosso time.

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar a notícia

Veja mais

Foto por Pedro Ribeiro Segundo o Índice FipeZap, os preços de locação residencial no Brasil tiveram um aumento significativo de ...
O mercado imobiliário de São Paulo apresentou quase 16 mil transações de compra e venda de imóveis em Janeiro deste ...
Veja todas as regras do FGTS futuro e saiba os detalhes de como ele funciona nos financiamentos imobiliários ...
O estudo indica que o faturamento deflacionado das indústrias de materiais de construção apresentou crescimento de 2,8% no acumulado até ...
Será que podemos ter um novo boom imobiliário no Brasil? Dados recentes apontam venda recorde de novos imóveis, demanda por ...
Foto por Davi Costa No último mês de março, os índices de inflação no Brasil, tanto o IPCA (Índice Nacional ...
Ao mesmo tempo em que vive um bom momento de vendas, setor imobiliário precisa lidar com um entrave: a falta ...
O Índice Nacional de Custo da Construção – Disponibilidade Interna (INCC-DI), calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), é um dos ...
Foto por Leohoho O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) registrou um aumento de 1,06% em março de 2024, ...
Foto por Alex Caceres O mercado imobiliário brasileiro continua a apresentar sinais de dinamismo, com o Índice FipeZAP registrando um ...

Banca VGV