Logo Grupo VGV horizontal
CONFIRA OS PRINCIPAIS INDICADORES DO MERCADO IMOBILIÁRIO | SELIC 10,75% (20/03/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL VENDA +0,64% (04/Abril/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL LOCAÇÃO +1,16% (16/Abril/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL VENDA +0,07% (22/03/2024) | IGP-M -0,47% (27/03/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL LOCAÇÃO +0,73% (22/Mar/2024) | IPCA 0,16% (10/04/2024) | INCC-M +0,24% (25/Mar/2024) | INCC-DI +0,28% (05/04/2024) | IVAR 1,06% (04/04/2024) |

Comprar imóveis em 2024: preços em alta e ofertas escassas

Compartilhar a notícia

Em 2024, o mercado imobiliário apresenta preços em alta e oferta limitada, desafiando compradores em busca de oportunidades promissoras.

Os prognósticos para o mercado imobiliário em 2024 apontam para um cenário desafiador para quem busca adquirir uma propriedade. De acordo com análises de especialistas do setor, os preços de imóveis devem seguir uma trajetória ascendente neste ano, deixando para trás os dias de boas ofertas e barganhas.

Ely Wertheim, presidente executivo do Secovi-SP, destaca que o aumento nos valores das unidades é resultado direto de uma oferta que não acompanha a demanda, especialmente na cidade de São Paulo. Além disso, os custos de produção, como mão de obra e valores dos terrenos, exercem uma pressão adicional sobre os preços, contribuindo para esse movimento de alta.

A expectativa de Sandro Gamba, presidente da Abecip, corrobora essa tendência, ressaltando que o baixo volume de estoques disponíveis no mercado paulistano abre espaço para uma retomada na discussão de preços. No entanto, Gamba adverte que será necessário acompanhar de perto o comportamento do mercado para entender a amplitude desse movimento.

Os números do último ano reforçam essa perspectiva, com um aumento expressivo de 7,22% nos preços de imóveis na capital paulista, superando a inflação oficial do país. E as projeções para 2024 indicam um cenário de ainda mais crescimento, com um volume recorde de entregas de empreendimentos, de acordo com levantamento da Data Lello.

Apesar desse aumento na oferta, a disponibilidade de unidades ainda não vendidas é limitada, conforme observado pelo diretor geral da gestora Paladin Realty Partners no Brasil, Ricardo Raoul. Parte do estoque residencial, especialmente nas faixas de renda média e alta, foi vendida com descontos no ano passado, mas essas oportunidades estão se tornando mais raras.

Diante desse cenário, os compradores são aconselhados a agir com cautela. A preferência por opções mais atrativas de aplicações em renda fixa, aliada à expectativa de redução das taxas de juros do crédito habitacional, pode influenciar o comportamento do mercado ao longo do ano. José Augusto Viana Neto, presidente do Creci-SP, enfatiza a importância de avaliar bem as oportunidades disponíveis, considerando não apenas os preços atuais, mas também a perspectiva de evolução das condições de financiamento.

Em resumo, para quem está planejando comprar um imóvel em 2024, é fundamental estar ciente dos desafios que podem surgir. Com os preços em alta e as ofertas se tornando mais escassas, a busca pela propriedade ideal pode demandar mais tempo e paciência, exigindo uma análise cuidadosa das opções disponíveis e uma estratégia bem definida para garantir o melhor negócio.

Redação VGV com informações do Money Times

___

Acelere sua Carreira no Mercado Imobiliário com a Banca VGV!

A Banca VGV é a plataforma oficial de vendas dos produtos educacionais do Grupo VGV, sua fonte de conhecimento indispensável para se destacar no mercado imobiliário.

Mais do que uma livraria:

Aqui você encontra livros, cursos, planilhas e muito mais para tornar você em um profissional Acima da Média. Explore as soluções personalizadas para:

  • Corretores de Imóveis: Aprimore suas habilidades, domine as técnicas de venda e feche mais negócios.
  • Imobiliárias: Aumente a rentabilidade do seu negócio com estratégias de gestão e marketing eficazes.
  • Investidores: Inove em seus projetos e processos para se destacar da concorrência.
  • Incorporadoras: Lance empreendimentos de sucesso com base em estudos de mercado e viabilidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar a notícia

Veja mais

Foto por Pedro Ribeiro Segundo o Índice FipeZap, os preços de locação residencial no Brasil tiveram um aumento significativo de ...
O mercado imobiliário de São Paulo apresentou quase 16 mil transações de compra e venda de imóveis em Janeiro deste ...
Veja todas as regras do FGTS futuro e saiba os detalhes de como ele funciona nos financiamentos imobiliários ...
O estudo indica que o faturamento deflacionado das indústrias de materiais de construção apresentou crescimento de 2,8% no acumulado até ...
Será que podemos ter um novo boom imobiliário no Brasil? Dados recentes apontam venda recorde de novos imóveis, demanda por ...
Foto por Davi Costa No último mês de março, os índices de inflação no Brasil, tanto o IPCA (Índice Nacional ...
Ao mesmo tempo em que vive um bom momento de vendas, setor imobiliário precisa lidar com um entrave: a falta ...
O Índice Nacional de Custo da Construção – Disponibilidade Interna (INCC-DI), calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), é um dos ...
Foto por Leohoho O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) registrou um aumento de 1,06% em março de 2024, ...
Foto por Alex Caceres O mercado imobiliário brasileiro continua a apresentar sinais de dinamismo, com o Índice FipeZAP registrando um ...

Banca VGV