Logo Grupo VGV horizontal
CONFIRA OS PRINCIPAIS INDICADORES DO MERCADO IMOBILIÁRIO | SELIC 10,50% (19/Junho/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL VENDA +0,61% (05/Julho/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL LOCAÇÃO +1,25% (20/Junho/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL VENDA +0,10% (22/Junho/2024) | IGP-M 0,81% (27/06/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL LOCAÇÃO +1,11% (26/Junho/2024) | IPCA 0,21% (10/07/2024) | INCC-M +0,93% (22/Junho/2024) | INCC-DI +0,71% (08/Julho/2024) | IVAR +0,61% (05/Julho/2024) |

São Paulo: mercado imobiliário em alta com dobro de lançamentos previstos para 2024

Compartilhar a notícia

Foto por Vinicius Löw

A dinâmica do mercado imobiliário em São Paulo está prestes a atingir novos patamares em 2024, com a projeção de entrega de 818 condomínios, quase o dobro do registrado no ano anterior, revela mapeamento realizado pela Data Lello, braço de dados da administradora de condomínios Lello.

Mercado em Ebulição:

A cidade tem liderado uma retomada nacional no mercado imobiliário, impulsionada pelo segmento de luxo, conhecido por sua resiliência, e por uma explosão na demanda por imóveis voltados para famílias de baixa renda. Contudo, para 2024, os holofotes estarão voltados para os condomínios de médio padrão, representando 36% dos novos lançamentos. Esse destaque é motivado pela redução da taxa básica de juros, a Selic, que promete diminuir o custo de financiamento e dar um novo fôlego à demanda.

“Estamos vivendo um momento sem precedentes, impulsionado pela aposta na estabilidade econômica, na queda de juros e na força do mercado paulistano”, destaca Angelica Arbex, diretora de marketing da Lello Condomínios e coordenadora do estudo.

Diversidade de Ofertas em São Paulo: Uma Visão Detalhada

Alto Padrão: Com 203 empreendimentos previstos, representando 24,8% das novas entregas, os condomínios de alto padrão terão o metro quadrado avaliado em R$ 22,5 mil, com uma média de 89 apartamentos por prédio. O valor médio de cada unidade atinge R$ 4,1 milhões, destacando bairros como Pinheiros, Vila Nova Conceição, Perdizes, Itaim Bibi e Vila Mariana.

Médio Padrão: Liderando as entregas deste ano, os condomínios de médio padrão representarão 36% do total, com 295 empreendimentos. O metro quadrado médio está estimado em R$ 15,2 mil, com uma média de 183 unidades por condomínio. O valor médio de cada apartamento alcança R$ 710 mil, concentrando-se em bairros como Vila Mariana, Perdizes, Pinheiros, Vila Clementino e Moema.

Médio-Baixo Padrão: Com 198 novas edificações, os condomínios de médio-baixo padrão responderão por 24,2% das entregas, apresentando um metro quadrado médio avaliado em R$ 9,05 mil. Com uma média de 256 apartamentos por condomínio, o valor médio de cada unidade é de R$ 382 mil. Os bairros que mais receberão essa categoria são Butantã, Barra Funda, Belenzinho, Cambuci e Ipiranga.

Econômico: O segmento econômico está programado para receber 94 novos empreendimentos, representando 11,5% do total esperado para o ano. O valor médio do metro quadrado é de R$ 6,5 mil, com 280 unidades por condomínio. O valor médio de cada apartamento é de R$ 231 mil, destacando bairros como Parque Novo Mundo, Guaianases, Itaquera, Paraisópolis e Pirituba.

O boom imobiliário em São Paulo em 2024 promete não apenas transformar a paisagem da cidade, mas também oferecer uma ampla gama de opções para diferentes perfis de compradores, consolidando a metrópole como um epicentro dinâmico e vibrante no cenário imobiliário nacional.

Fonte: Exame

___

Fique bem informado sobre o mercado imobiliário através do canal do Portal VGV no WhatsApp. Siga já e receba nosso conteúdo em primeira mão: https://whatsapp.com/channel/0029Va8dBp9LI8YX1F7tpl22

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar a notícia

Veja mais

O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) de junho de 2024 apresentou um aumento de aluguéis residenciais em 0,61%, marcando uma ...
Cidades que lideraram valorização dos preços de locação de imóveis comerciais em maio incluíram Rio de Janeiro, Campinas, Florianópolis e ...
O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) de maio de 2024 registrou variação de 0,21%, representando uma desaceleração em relação à ...
Entre as capitais, maiores altas dos preços dos imóveis residenciais ocorreram em Curitiba, Goiânia, Maceió, Salvador e ...
Valorização do valor do aluguel comercial também abrangeu preços de venda, que apresentaram a maior variação desde ...
Em comparação a igual período em 2023, o INCC-M de maio 2024 registrou grande descompressão, pois a taxa anualizada em ...
Maiores altas de abril do valor pedido pelo aluguel residencial ocorreram em Fortaleza, Brasília, Florianópolis, Salvador e Curitiba ...
O IPCA de Abril de 2024 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) foi de 0,38% e ficou 0,22 ponto percentual ...
O Comitê de Política Monetária do Banco Central - COPOM - decidiu nesta quarta-feira (8 de Maio) amenizar o ritmo ...
Índice que monitora o preço do aluguel residencial, medido pelo IBRE da Fundação Getúlio Vargas, mostrou incremento significativo em Abril. ...

Banca VGV

treinamento para

incorporadoras
e construtoras

Nova turma

24 de julho de 2024

São Paulo

PROFISSIONALIZE SEUS LANÇAMENTOS IMOBILIÁRIOS E ATINJA A MÁXIMA RENTABILIDADE