Logo Grupo VGV horizontal
CONFIRA OS PRINCIPAIS INDICADORES DO MERCADO IMOBILIÁRIO | SELIC 11,25% (31/01/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL VENDA +0,36% (01/Fevereiro/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL LOCAÇÃO +1,26% (20/Fev/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL VENDA -0,09% (27/02/2024) | IGP-M -052 (28/02/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL LOCAÇÃO +0,66% (27Fev/2024) | IPCA 0,42% (08/Fev/2024) | INCC-M +0,20% (26/Fev/2024) | INCC-DI +0,27% (06/02/2024) | IVAR 4,34% (07/02/2024) |

Mercado Imobiliário de São Paulo em 2023: Lançamentos caem, Minha Casa Minha Vida cresce e preços sobem

Compartilhar a notícia

Publicidade

No cenário do mercado imobiliário paulistano em 2023, observa-se uma situação peculiar: enquanto os lançamentos imobiliários em geral registraram uma redução, as unidades do programa Minha Casa, Minha Vida experimentaram um notável aumento. De acordo com estatísticas divulgadas pelo Secovi-SP, essa disparidade tem sido objeto de análise e discussão, uma vez que impacta diretamente no panorama habitacional da cidade.

Lançamentos e Vendas:

Em 2023, São Paulo testemunhou um total de 73.249 lançamentos imobiliários, marcando uma redução de 3% em comparação com o ano anterior. No entanto, o segmento do Minha Casa, Minha Vida surpreendeu ao registrar um aumento de 17% nos lançamentos, representando 50% do total de novas unidades na capital.

Apesar da diminuição nos lançamentos, as vendas de unidades habitacionais experimentaram um incremento significativo de 10% durante o mesmo período. Com um total de 76.145 unidades comercializadas ao longo do ano, sendo 47% delas do programa Minha Casa, Minha Vida, o mercado imobiliário paulistano consolidou um faturamento de R$ 43,9 bilhões em vendas, indicando um crescimento substancial de 26% em relação ao ano anterior.

Causas e Reflexões:

Ely Wertheim, presidente executivo do Secovi-SP, aponta para uma série de fatores que podem explicar essa conjuntura. Entre eles, destacam-se as recentes alterações nas leis de Zoneamento e Plano Diretor, bem como a incerteza gerada pela mudança de governo federal no início de 2023. Esses elementos contribuíram para uma redução na oferta de novos empreendimentos, impulsionando, por sua vez, o aumento dos preços.

Wertheim salienta que a demanda por habitação em São Paulo supera atualmente a capacidade de produção estipulada pela legislação urbanística, resultando em uma queda nos lançamentos e uma elevação nos preços. Essa tendência, embora atípica, reflete a complexidade do mercado imobiliário e a interação entre fatores econômicos, políticos e regulatórios.

Perspectivas Futuras:

Diante do contexto apresentado, surge a necessidade de uma análise mais aprofundada sobre o impacto dessas tendências no acesso à moradia na cidade. O aumento dos preços e a escassez de novos empreendimentos podem potencialmente exacerbar a crise habitacional, tornando essencial uma abordagem holística e colaborativa por parte das autoridades e demais partes interessadas do setor.

Embora os desafios sejam consideráveis, as oportunidades de intervenção e inovação também são abundantes. O futuro do mercado imobiliário paulistano dependerá, em última instância, da capacidade de adaptar-se às mudanças e de promover políticas que garantam uma oferta habitacional acessível e sustentável para todos os cidadãos.

Fonte: O Globo

___

Fique bem informado sobre o mercado imobiliário através do canal do Portal VGV no WhatsApp. Siga já e receba nosso conteúdo em primeira mão: https://whatsapp.com/channel/0029Va8dBp9LI8YX1F7tpl22

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar a notícia

Veja mais

Descobertas recentes mostram que os consumidores estão abertos a receber anúncios. No mercado imobiliário, enfrentar desafios de direcionamento e custos ...
Medida visa atender demanda aquecida por financiamento habitacional e estimular crescimento ...
Valorização de Salas e Conjuntos Comerciais Destaca-se em Diversas ...
Publicidade O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) apresentou um incremento de 0,20% em fevereiro, indicando uma ...
Publicidade Agência da Caixa Econômica Federal – Imagem: Reprodução (Internet) Durante uma reunião conduzida pelo SindusCon-SP e Secovi-SP em 22 ...
Segmento de Luxo e Superluxo Impulsiona Mercado Imobiliário da Capital Paulista, Revela Pesquisa Exclusiva da ...
Em 2024, o mercado imobiliário apresenta preços em alta e oferta limitada, desafiando compradores em busca de oportunidades promissoras....
Mercado imobiliário em São Paulo projeta crescimento em 2024 impulsionado por fatores econômicos favoráveis e mudanças ...
Apesar da alta nos descontos, o número de pessoas que planejam comprar um imóvel recuou. A expectativa para o segundo ...
Publicidade Foto por Naassom Azevedo Com a iminente implementação do FGTS Futuro, uma nova perspectiva se abre para milhares de ...

Banca VGV