Logo Grupo VGV horizontal
CONFIRA OS PRINCIPAIS INDICADORES DO MERCADO IMOBILIÁRIO | SELIC 10,75% (20/03/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL VENDA +0,64% (04/Abril/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL LOCAÇÃO +1,16% (16/Abril/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL VENDA +0,07% (22/03/2024) | IGP-M -0,47% (27/03/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL LOCAÇÃO +0,73% (22/Mar/2024) | IPCA 0,16% (10/04/2024) | INCC-M +0,24% (25/Mar/2024) | INCC-DI +0,28% (05/04/2024) | IVAR 1,06% (04/04/2024) |

MCMV Cidades: CAIXA e governo federal se unem para facilitar o acesso à moradia própria

Compartilhar a notícia

MCMV Cidades: CAIXA e governo federal se unem para facilitar o acesso à moradia própria

Em uma aliança estratégica, a CAIXA e o governo federal anunciaram um esforço conjunto para impulsionar o programa Minha Casa, Minha Vida Cidades, visando desburocratizar e tornar mais acessível o acesso à moradia para famílias de baixa renda. O evento, realizado na última quarta-feira em Brasília, marcou a apresentação do programa a autoridades estaduais e municipais, enfatizando a importância dessa parceria para a promoção de soluções habitacionais.

A vice-presidente de habitação da CAIXA, Inês Magalhães, ressaltou a consolidação de práticas inovadoras ao longo do tempo, comparando o MCMV Cidades com iniciativas anteriores como o PAC Favela. Ela destacou a troca contínua de conhecimentos e a interação entre os diferentes níveis governamentais como fundamentais para a resiliência do programa.

O Ministro das Cidades, Jader Filho, traçou metas ousadas para 2024, apontando a possibilidade de financiar 500 mil unidades habitacionais. Ele enfatizou a união de esforços entre prefeituras e governos estaduais como catalisadora desse avanço, promovendo não apenas o financiamento de moradias, mas também a oferta de subsídios para tornar o acesso à casa própria uma realidade. Destacou ainda a viabilidade de zerar a entrada ou diluir as parcelas, tornando o financiamento mais atrativo em comparação ao aluguel.

O programa, em vigor desde outubro deste ano, permite que estados e municípios adiram ao MCMV Cidades, ampliando assim os recursos destinados ao setor habitacional. Com três modalidades distintas – Emendas, Contrapartidas e Terrenos – o programa oferece flexibilidade e a possibilidade de acumular limites para reduzir ou até mesmo zerar a entrada no financiamento, além de diminuir os valores das parcelas mensais.

A iniciativa surge como resposta ao déficit habitacional do Brasil, calculado em 6 milhões de moradias, proporcionando uma abordagem abrangente para enfrentar esse desafio. O MCMV Cidades não apenas busca atender às demandas habitacionais, mas também estabelecer um marco para futuras estratégias que visam promover a habitação digna e sustentável para a população de baixa renda no país.

Fonte: Caixa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar a notícia

Veja mais

Foto por Pedro Ribeiro Segundo o Índice FipeZap, os preços de locação residencial no Brasil tiveram um aumento significativo de ...
O mercado imobiliário de São Paulo apresentou quase 16 mil transações de compra e venda de imóveis em Janeiro deste ...
Veja todas as regras do FGTS futuro e saiba os detalhes de como ele funciona nos financiamentos imobiliários ...
O estudo indica que o faturamento deflacionado das indústrias de materiais de construção apresentou crescimento de 2,8% no acumulado até ...
Será que podemos ter um novo boom imobiliário no Brasil? Dados recentes apontam venda recorde de novos imóveis, demanda por ...
Foto por Davi Costa No último mês de março, os índices de inflação no Brasil, tanto o IPCA (Índice Nacional ...
Ao mesmo tempo em que vive um bom momento de vendas, setor imobiliário precisa lidar com um entrave: a falta ...
O Índice Nacional de Custo da Construção – Disponibilidade Interna (INCC-DI), calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), é um dos ...
Foto por Leohoho O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) registrou um aumento de 1,06% em março de 2024, ...
Foto por Alex Caceres O mercado imobiliário brasileiro continua a apresentar sinais de dinamismo, com o Índice FipeZAP registrando um ...

Banca VGV