Logo Grupo VGV horizontal
CONFIRA OS PRINCIPAIS INDICADORES DO MERCADO IMOBILIÁRIO | SELIC 10,75% (20/03/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL VENDA +0,64% (04/Abril/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL LOCAÇÃO +1,16% (16/Abril/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL VENDA +0,07% (22/03/2024) | IGP-M -0,47% (27/03/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL LOCAÇÃO +0,73% (22/Mar/2024) | IPCA 0,16% (10/04/2024) | INCC-M +0,24% (25/Mar/2024) | INCC-DI +0,28% (05/04/2024) | IVAR 1,06% (04/04/2024) |

Itaú paga R$ 1,5 bilhão por sede na Faria Lima, em sinal de confiança no mercado imobiliário

Compartilhar a notícia

Itaú reforça aposta em São Paulo com compra de sede por R$ 1,5 bilhão

Em uma transação que redefine os padrões do mercado imobiliário paulistano, o Itaú Unibanco adquiriu o edifício localizado no número 3500 da Avenida Faria Lima, desembolsando um montante expressivo de quase R$ 1,5 bilhão. O prédio, que abriga a sede do Itaú BBA, foi vendido pelo fundo imobiliário da Brookfield, marcando um marco histórico como a maior transação já registrada para um único edifício em São Paulo.

O Faria Lima 3500, classificado como um prédio triple-A, possui uma área privativa de 22.786 metros quadrados, e o valor por metro quadrado, atingindo R$ 64 mil, destaca-se como um dos mais elevados da região.

Esta aquisição do Itaú representa mais do que uma simples expansão de seu portfólio imobiliário. É um indicativo claro da confiança do banco no potencial de crescimento de São Paulo e da economia brasileira nos próximos anos.

“Acreditamos no potencial de São Paulo como um centro financeiro global e estamos comprometidos com o desenvolvimento da cidade”, disse o presidente do Itaú, Milton Maluhy Filho.

Além disso, a compra do Faria Lima 3500 não só oferece ao banco um ativo imobiliário valioso em uma área estratégica, mas também representa uma oportunidade para redução de custos. Anteriormente, o aluguel do prédio custava ao Itaú cerca de R$ 100 milhões por ano.

Análise

A aquisição do Faria Lima 3500 pelo Itaú não apenas consolida sua presença no mercado imobiliário, mas também reflete a confiança no potencial da cidade e da economia brasileira.

Este movimento é um indicativo de que o mercado de escritórios de alto padrão continua aquecido em São Paulo, com o preço do metro quadrado no Faria Lima 3500 sendo um dos mais altos da região, evidenciando a demanda por imóveis de qualidade.

No panorama mais amplo, a transação não só posiciona o Itaú como proprietário de um ativo estratégico, mas também contribui para a dinâmica em evolução do mercado imobiliário de São Paulo.

Fonte: Brazil Journal

___

Fique bem informado sobre o mercado imobiliário através do canal do Portal VGV no WhatsApp. Siga já e receba nosso conteúdo em primeira mão: https://whatsapp.com/channel/0029Va8dBp9LI8YX1F7tpl22

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar a notícia

Veja mais

Foto por Pedro Ribeiro Segundo o Índice FipeZap, os preços de locação residencial no Brasil tiveram um aumento significativo de ...
O mercado imobiliário de São Paulo apresentou quase 16 mil transações de compra e venda de imóveis em Janeiro deste ...
Veja todas as regras do FGTS futuro e saiba os detalhes de como ele funciona nos financiamentos imobiliários ...
O estudo indica que o faturamento deflacionado das indústrias de materiais de construção apresentou crescimento de 2,8% no acumulado até ...
Será que podemos ter um novo boom imobiliário no Brasil? Dados recentes apontam venda recorde de novos imóveis, demanda por ...
Foto por Davi Costa No último mês de março, os índices de inflação no Brasil, tanto o IPCA (Índice Nacional ...
Ao mesmo tempo em que vive um bom momento de vendas, setor imobiliário precisa lidar com um entrave: a falta ...
O Índice Nacional de Custo da Construção – Disponibilidade Interna (INCC-DI), calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), é um dos ...
Foto por Leohoho O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) registrou um aumento de 1,06% em março de 2024, ...
Foto por Alex Caceres O mercado imobiliário brasileiro continua a apresentar sinais de dinamismo, com o Índice FipeZAP registrando um ...

Banca VGV