Logo Grupo VGV horizontal
CONFIRA OS PRINCIPAIS INDICADORES DO MERCADO IMOBILIÁRIO | SELIC 10,75% (20/03/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL VENDA +0,64% (04/Abril/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL LOCAÇÃO +1,16% (16/Abril/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL VENDA +0,07% (22/03/2024) | IGP-M -0,47% (27/03/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL LOCAÇÃO +0,73% (22/Mar/2024) | IPCA 0,16% (10/04/2024) | INCC-M +0,24% (25/Mar/2024) | INCC-DI +0,28% (05/04/2024) | IVAR 1,06% (04/04/2024) |

IPCA de fevereiro registra alta de 0,83%, aponta IBGE

Compartilhar a notícia

Foto por Georgia Visacri

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de fevereiro de 2024 apresentou um aumento significativo, atingindo 0,83%, conforme dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa taxa representa um acréscimo de 0,41 ponto percentual em relação ao mês anterior, quando o índice ficou em 0,42%.

Ao longo do ano, o IPCA acumula uma elevação de 1,25%, enquanto nos últimos 12 meses, a variação atinge 4,50%, praticamente em linha com os 4,51% observados no período anterior. Em fevereiro de 2023, o IPCA havia registrado uma variação de 0,84%.

Dos nove grupos de produtos e serviços analisados pelo IBGE, sete apresentaram aumento em fevereiro. O destaque ficou para o grupo de Educação, que registrou uma variação de 4,98%, com impacto de 0,29 ponto percentual. Outros grupos que se destacaram foram Alimentação e Bebidas (0,95% e 0,20 p.p.) e Transportes (0,72% e 0,15 p.p.).

Em Educação, o aumento foi impulsionado pelos reajustes habituais praticados no início do ano letivo, especialmente nos cursos regulares, que tiveram uma variação de 6,13%. Já no grupo de Alimentação e Bebidas, a alta foi impulsionada por itens como cebola (7,37%), batata-inglesa (6,79%) e frutas (3,74%).

No segmento de Transportes, todos os combustíveis pesquisados tiveram aumento, com destaque para o etanol (4,52%) e a gasolina (2,93%). Por outro lado, houve uma redução nos preços das passagens aéreas (-10,71%).

Em relação aos índices regionais, todas as áreas abrangidas pela pesquisa apresentaram aumento de preços, com destaque para Aracaju, que registrou a maior variação (1,09%), influenciada pelo aumento da gasolina.

O IPCA é um indicador importante para avaliar a inflação no país e tem impacto direto em diversos setores da economia, incluindo o mercado imobiliário. A variação dos preços pode influenciar as decisões de compra e venda de imóveis, bem como os custos associados à manutenção e financiamento de propriedades. A divulgação desses dados pelo IBGE é fundamental para subsidiar análises e tomadas de decisão no mercado imobiliário e em outros setores da economia nacional.

Redação VGV com informações do IBGE

___

Como acompanhar os principais indicadores do mercado imobiliário?

Se você que saber os principais índices do mercado imobiliário, assine gratuitamente o Boletim VGV, nossa newsletter quinzenal com as principais atualizações do setor.

Caso você seja dono de incorporadora e esteja buscando agência de marketing imobiliário para construtoras e incorporadoras, temos soluções específicas para lhe apoiar em seus negócios imobiliários. Fale com nosso time.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar a notícia

Veja mais

Foto por Pedro Ribeiro Segundo o Índice FipeZap, os preços de locação residencial no Brasil tiveram um aumento significativo de ...
O mercado imobiliário de São Paulo apresentou quase 16 mil transações de compra e venda de imóveis em Janeiro deste ...
Veja todas as regras do FGTS futuro e saiba os detalhes de como ele funciona nos financiamentos imobiliários ...
O estudo indica que o faturamento deflacionado das indústrias de materiais de construção apresentou crescimento de 2,8% no acumulado até ...
Será que podemos ter um novo boom imobiliário no Brasil? Dados recentes apontam venda recorde de novos imóveis, demanda por ...
Foto por Davi Costa No último mês de março, os índices de inflação no Brasil, tanto o IPCA (Índice Nacional ...
Ao mesmo tempo em que vive um bom momento de vendas, setor imobiliário precisa lidar com um entrave: a falta ...
O Índice Nacional de Custo da Construção – Disponibilidade Interna (INCC-DI), calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), é um dos ...
Foto por Leohoho O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) registrou um aumento de 1,06% em março de 2024, ...
Foto por Alex Caceres O mercado imobiliário brasileiro continua a apresentar sinais de dinamismo, com o Índice FipeZAP registrando um ...

Banca VGV