Logo Grupo VGV horizontal
CONFIRA OS PRINCIPAIS INDICADORES DO MERCADO IMOBILIÁRIO | SELIC 10,50% (19/Junho/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL VENDA +0,61% (05/Julho/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL LOCAÇÃO +1,25% (20/Junho/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL VENDA +0,10% (22/Junho/2024) | IGP-M 0,81% (27/06/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL LOCAÇÃO +1,11% (26/Junho/2024) | IPCA 0,21% (10/07/2024) | INCC-M +0,93% (22/Junho/2024) | INCC-DI +0,71% (08/Julho/2024) | IVAR +0,61% (05/Julho/2024) |

Caixa e governo do Espírito Santo firmam parceria para viabilizar a compra da casa própria para 10 mil famílias

Compartilhar a notícia

Caixa e governo do Espírito Santo firmam parceria para viabilizar a compra da casa própria para 10 mil famílias

A Caixa Econômica Federal e o governo do Espírito Santo firmaram, nesta segunda-feira (18), uma parceria para viabilizar a compra da casa própria para cerca de 10 mil famílias capixabas, nos próximos quatro anos. O acordo contempla as modalidades de aquisição de imóveis novos e usados, e repassará um subsídio de até R$ 20 mil aos beneficiários para abatimento inicial de financiamentos do programa estadual, Nossa Casa.

O benefício, somado aos subsídios da União, custeará a entrada dos financiamentos aprovados pela Caixa. Os imóveis serão construídos em empreendimentos financiados com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), pelo programa Minha Casa Minha Vida do governo federal.

Para serem beneficiadas, as famílias devem ter renda mensal de até três salários mínimos e atender aos critérios do programa Nossa Casa. O cadastro para o programa já está aberto e pode ser feito no site da Caixa.

A parceria entre a Caixa e o governo do Espírito Santo é uma importante iniciativa para promover o acesso à moradia digna para a população de baixa renda do estado. O programa Nossa Casa já beneficiou mais de 20 mil famílias capixabas desde sua criação, em 2012.

O que a parceria significa para as famílias capixabas?

A parceria entre a Caixa e o governo do Espírito Santo é uma oportunidade para que milhares de famílias capixabas realizem o sonho da casa própria. Com o subsídio de até R$ 20 mil, as famílias poderão financiar um imóvel com uma entrada mais acessível, o que facilitará o pagamento das parcelas mensais.

O programa Nossa Casa é voltado para famílias com renda mensal de até três salários mínimos. Isso significa que o benefício poderá beneficiar famílias de baixa renda, que muitas vezes têm dificuldade de acesso ao crédito imobiliário.

O que a parceria significa para o mercado imobiliário?

A parceria também é positiva para o mercado imobiliário capixaba. A expectativa é que a iniciativa gere um aumento na demanda por imóveis, o que poderá impulsionar o setor.

Além disso, a parceria pode contribuir para a redução do déficit habitacional no estado. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Espírito Santo tem um déficit habitacional de cerca de 100 mil unidades.

O que vem por aí?

A Caixa e o governo do Espírito Santo já estão trabalhando para operacionalizar a parceria. A expectativa é que as primeiras famílias beneficiadas comecem a receber o subsídio ainda no primeiro semestre de 2024.

A parceria é um importante passo para promover o acesso à moradia digna para a população de baixa renda do Espírito Santo. A iniciativa tem o potencial de beneficiar milhares de famílias e impulsionar o mercado imobiliário do estado.

Fonte: CAIXA

___

Fique bem informado sobre o mercado imobiliário através do canal do Portal VGV no WhatsApp. Siga já e receba nosso conteúdo em primeira mão: https://whatsapp.com/channel/0029Va8dBp9LI8YX1F7tpl22

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar a notícia

Veja mais

O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) de junho de 2024 apresentou um aumento de aluguéis residenciais em 0,61%, marcando uma ...
Cidades que lideraram valorização dos preços de locação de imóveis comerciais em maio incluíram Rio de Janeiro, Campinas, Florianópolis e ...
O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) de maio de 2024 registrou variação de 0,21%, representando uma desaceleração em relação à ...
Entre as capitais, maiores altas dos preços dos imóveis residenciais ocorreram em Curitiba, Goiânia, Maceió, Salvador e ...
Valorização do valor do aluguel comercial também abrangeu preços de venda, que apresentaram a maior variação desde ...
Em comparação a igual período em 2023, o INCC-M de maio 2024 registrou grande descompressão, pois a taxa anualizada em ...
Maiores altas de abril do valor pedido pelo aluguel residencial ocorreram em Fortaleza, Brasília, Florianópolis, Salvador e Curitiba ...
O IPCA de Abril de 2024 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) foi de 0,38% e ficou 0,22 ponto percentual ...
O Comitê de Política Monetária do Banco Central - COPOM - decidiu nesta quarta-feira (8 de Maio) amenizar o ritmo ...
Índice que monitora o preço do aluguel residencial, medido pelo IBRE da Fundação Getúlio Vargas, mostrou incremento significativo em Abril. ...

Banca VGV

treinamento para

incorporadoras
e construtoras

Nova turma

24 de julho de 2024

São Paulo

PROFISSIONALIZE SEUS LANÇAMENTOS IMOBILIÁRIOS E ATINJA A MÁXIMA RENTABILIDADE