Logo Grupo VGV horizontal
CONFIRA OS PRINCIPAIS INDICADORES DO MERCADO IMOBILIÁRIO | SELIC 10,75% (20/03/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL VENDA +0,64% (04/Abril/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL LOCAÇÃO +1,16% (16/Abril/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL VENDA +0,07% (22/03/2024) | IGP-M -0,47% (27/03/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL LOCAÇÃO +0,73% (22/Mar/2024) | IPCA 0,16% (10/04/2024) | INCC-M +0,24% (25/Mar/2024) | INCC-DI +0,28% (05/04/2024) | IVAR 1,06% (04/04/2024) |

Prefeitura de São Paulo amplia acesso à habitação popular com aumento do teto de renda

Compartilhar a notícia

Renda familiar para habitação popular em São Paulo aumenta até R$ 14.120,00

Foto por Joao Tzanno 

Em um movimento que promete impactar positivamente a habitação na maior cidade do Brasil, o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, assinou um decreto nesta sexta-feira, 05 de janeiro, atualizando os valores de renda familiar para acesso aos programas de Habitação de Interesse Social (HIS) e Habitação de Mercado Popular (HMP). A mudança, prevista em lei, é resultado de um pleito enviado pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (ABRAINC) à Prefeitura.

De acordo com o novo decreto, os valores foram redefinidos da seguinte maneira:

  • HIS 1: Até R$ 4.236,00 de renda familiar mensal ou até R$ 706,00 de renda per capita mensal.
  • HIS 2: Superior a R$ 4.236,00 e igual ou inferior a R$ 8.472,00 de renda familiar mensal ou superior a R$ 706,00 e igual ou inferior a R$ 1.412,00 de renda per capita mensal.
  • HMP: Superior a R$ 8.472,00 e igual ou inferior a R$ 14.120,00 de renda familiar mensal ou superior a R$ 1.412,00 e igual ou inferior a R$ 2.118,00 de renda per capita.

Estes novos valores, que entram em vigor imediatamente, têm o propósito claro de ampliar o número de famílias elegíveis para participar dos programas de habitação social na cidade. A medida busca se alinhar às necessidades emergentes da população, proporcionando acesso mais inclusivo à moradia.

A Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (ABRAINC) expressou satisfação com a decisão da Prefeitura, destacando que o aumento dos limites de renda era uma demanda importante para promover maior equidade no acesso à habitação na capital paulista.

O contexto da atualização coincide com a busca por soluções habitacionais mais acessíveis em uma cidade que enfrenta desafios constantes em relação à moradia. Especialistas apontam que a revisão dos critérios de renda não apenas abre portas para mais famílias, mas também pode estimular o desenvolvimento de projetos habitacionais que atendam a uma gama mais ampla de necessidades da população.

Como parte integrante do processo, é esperado que a Prefeitura conduza campanhas de conscientização para informar as famílias sobre as mudanças nos critérios de elegibilidade, garantindo que aqueles que se enquadram nos novos parâmetros busquem os benefícios disponíveis.

A decisão do prefeito Ricardo Nunes representa um passo significativo em direção à promoção da inclusão social e ao atendimento das demandas habitacionais de uma cidade dinâmica e diversa como São Paulo. Resta agora acompanhar os desdobramentos e impactos positivos dessa medida na realidade urbana da metrópole.

Fonte: Abrainc

___

Fique bem informado sobre o mercado imobiliário através do canal do Portal VGV no WhatsApp. Siga já e receba nosso conteúdo em primeira mão: https://whatsapp.com/channel/0029Va8dBp9LI8YX1F7tpl22

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar a notícia

Veja mais

Foto por Pedro Ribeiro Segundo o Índice FipeZap, os preços de locação residencial no Brasil tiveram um aumento significativo de ...
O mercado imobiliário de São Paulo apresentou quase 16 mil transações de compra e venda de imóveis em Janeiro deste ...
Veja todas as regras do FGTS futuro e saiba os detalhes de como ele funciona nos financiamentos imobiliários ...
O estudo indica que o faturamento deflacionado das indústrias de materiais de construção apresentou crescimento de 2,8% no acumulado até ...
Será que podemos ter um novo boom imobiliário no Brasil? Dados recentes apontam venda recorde de novos imóveis, demanda por ...
Foto por Davi Costa No último mês de março, os índices de inflação no Brasil, tanto o IPCA (Índice Nacional ...
Ao mesmo tempo em que vive um bom momento de vendas, setor imobiliário precisa lidar com um entrave: a falta ...
O Índice Nacional de Custo da Construção – Disponibilidade Interna (INCC-DI), calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), é um dos ...
Foto por Leohoho O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) registrou um aumento de 1,06% em março de 2024, ...
Foto por Alex Caceres O mercado imobiliário brasileiro continua a apresentar sinais de dinamismo, com o Índice FipeZAP registrando um ...

Banca VGV