Logo Grupo VGV horizontal
CONFIRA OS PRINCIPAIS INDICADORES DO MERCADO IMOBILIÁRIO | SELIC 10,50% (08/Maio/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL VENDA +0,66% (07/Maio/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL LOCAÇÃO +1,38% (21/Maio/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL VENDA +0,02% (23/Abril/2024) | IGP-M 0,31% (29/04/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL LOCAÇÃO +0,63% (23/Abril/2024) | IPCA 0,16% (10/04/2024) | INCC-M +0,59% (27/Mai/2024) | INCC-DI +0,52% (08/Maio/2024) | IVAR +1,40% (07/Maio/2024) |

Preços de imóveis residenciais aceleram em março

Compartilhar a notícia

Foto por Alex Caceres

O mercado imobiliário brasileiro continua a apresentar sinais de dinamismo, com o Índice FipeZAP registrando um aumento significativo nos preços de venda de imóveis residenciais ao longo do último mês. Os dados analisados de 50 cidades brasileiras revelam um incremento de 0,64% em março de 2024, marcando uma nova aceleração em relação aos meses anteriores.

De acordo com a análise, imóveis com apenas um dormitório lideraram esse aumento, com um incremento mensal de 0,80%, enquanto unidades com quatro ou mais dormitórios mostraram um avanço menor, de 0,35%. Esse cenário reflete uma tendência notável no mercado, destacando uma demanda crescente por imóveis compactos e acessíveis.

Comparativamente, o aumento mensal dos preços residenciais contrasta com a deflação de 0,47% registrada pelo IGP-M/FGV e o aumento médio de 0,36% indicado pelo IPCA-15. Essas discrepâncias demonstram a resiliência do setor imobiliário em face de outros indicadores econômicos.

Em termos geográficos, a alta nos preços foi generalizada, com 46 das 50 cidades monitoradas pelo Índice FipeZAP testemunhando aumentos nos valores de venda. As capitais apresentaram variações notáveis, lideradas por Curitiba, com um aumento de 1,99%, seguida por Recife (1,31%) e Salvador (1,26%).

O balanço parcial de 2024 revela uma tendência de alta contínua nos preços residenciais. No acumulado do primeiro trimestre, o Índice FipeZAP registrou um aumento de 1,50%, superando a variação do IGP-M/FGV, embora permaneça ligeiramente inferior à inflação ao consumidor. Esse desempenho é consistente em nível nacional, com 49 das 50 cidades monitoradas testemunhando aumentos nos preços de venda.

No panorama dos últimos 12 meses, o Índice FipeZAP revela uma valorização acumulada de 5,54%, refletindo uma tendência de crescimento constante. Imóveis com um dormitório apresentaram uma valorização acima da média, enquanto todas as 50 cidades analisadas registraram aumentos nos preços residenciais.

O preço médio de venda residencial no país foi calculado em R$ 8.845/m² em março de 2024, com imóveis de um dormitório destacando-se pelo preço médio mais elevado. Entre as capitais, Vitória lidera com o valor médio por metro quadrado mais alto, seguida por Florianópolis, São Paulo e Rio de Janeiro.

À medida que o mercado imobiliário brasileiro continua a demonstrar robustez, esses dados oferecem insights valiosos para compradores, vendedores e investidores, destacando tendências importantes e oportunidades emergentes em todo o país.

Redação VGV com informações do DataZap

___

Para ficar sempre bem informado sobre o mercado imobiliário, assine gratuitamente o Boletim FOCO VGV e acompanhe o canal do Portal VGV no YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar a notícia

Assine GRÁTIS e receba nossos conteúdos em seu e-mail

Últimas publicações

Veja mais

Em comparação a igual período em 2023, o INCC-M de maio 2024 registrou grande descompressão, pois a taxa anualizada em ...
Maiores altas de abril do valor pedido pelo aluguel residencial ocorreram em Fortaleza, Brasília, Florianópolis, Salvador e Curitiba ...
O IPCA de Abril de 2024 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) foi de 0,38% e ficou 0,22 ponto percentual ...
O Comitê de Política Monetária do Banco Central - COPOM - decidiu nesta quarta-feira (8 de Maio) amenizar o ritmo ...
Índice que monitora o preço do aluguel residencial, medido pelo IBRE da Fundação Getúlio Vargas, mostrou incremento significativo em Abril. ...
Com discreta aceleração, o último relatório do Índice FipeZAP mostrou que o preço médio de venda de imóveis residenciais subiu ...
Foto por Charles de Luvio No cenário do mercado imobiliário, a observação atenta dos indicadores econômicos é crucial para entender ...
Foto por Scott Blake O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) revelou um panorama interessante para o ...
Foto por All Bong No panorama do mercado imobiliário comercial brasileiro, o último mês de março de 2024 trouxe uma ...
Foto por Amanda Lins O panorama econômico do mercado imobiliário permanece em destaque à medida que os índices econômicos continuam ...

Banca VGV