Logo Grupo VGV horizontal
CONFIRA OS PRINCIPAIS INDICADORES DO MERCADO IMOBILIÁRIO | SELIC 10,75% (20/03/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL VENDA +0,64% (04/Abril/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL LOCAÇÃO +1,16% (16/Abril/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL VENDA +0,07% (22/03/2024) | IGP-M -0,47% (27/03/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL LOCAÇÃO +0,73% (22/Mar/2024) | IPCA 0,16% (10/04/2024) | INCC-M +0,24% (25/Mar/2024) | INCC-DI +0,28% (05/04/2024) | IVAR 1,06% (04/04/2024) |

Mercado imobiliário deve gerar 42% de novas vagas no primeiro trimestre de 2024

Compartilhar a notícia

O Brasil projeta um vigoroso mercado de trabalho em 2024, com 48% das empresas planejando contratações. ManpowerGroup revela dados exclusivos sobre setores aquecidos, destacando a relevância do imobiliário.
Mercado imobiliário deve gerar 42% de novas vagas no primeiro trimestre de 2024

Foto de Vinicius “amnx” Amano

No cenário econômico brasileiro, as perspectivas para o primeiro trimestre de 2024 trazem boas notícias para o mercado de trabalho. Uma pesquisa exclusiva realizada pelo ManpowerGroup revela que 48% das empresas no Brasil planejam contratações nos próximos meses. Os setores mais otimistas incluem saúde e ciências da vida (46% das organizações do segmento pretendem admitir), tecnologia da informação (45%), finanças e imobiliário (42%), além de energia e serviços de utilidade pública (36%).

Os dados, obtidos com exclusividade pelo Valor, foram extraídos de uma pesquisa realizada em outubro de 2023, ouvindo 1.050 empregadores em território nacional, a maioria (26%) com 250 a 999 funcionários. Estados como Paraná (33%), São Paulo (31%), Rio de Janeiro (30%) e Minas Gerais (28%) lideram as intenções de contratação.

De acordo com Nilson Pereira, country manager no ManpowerGroup Brasil, embora a notícia seja promissora, os desafios para as lideranças são evidentes. “A maioria, ou 80%, das organizações relata dificuldades em encontrar os talentos necessários, um índice superior à média global de 75%. Isso ressalta a necessidade de revisitar estratégias de atração, retenção e desenvolvimento de pessoas para preencher a lacuna entre a oferta e a demanda de profissionais qualificados”, alerta Pereira.

Crescimento Brasileiro em Comparação Global

Ao analisar a amostra global da pesquisa, que entrevistou 40.077 empregadores em 41 países e territórios, o Brasil destaca-se como o 10º país com maior intenção de contratação. Essa posição representa um salto significativo de quatro posições em relação ao primeiro trimestre de 2023, conforme destaca Pereira, mencionando pesquisas anteriores do ManpowerGroup.

Desafios e Recomendações para Profissionais e Empresas

Com o mercado aquecido e a competição por talentos acirrada, o executivo recomenda maior planejamento tanto para empresas quanto para profissionais em busca de recolocação. Ele ressalta a importância do “lifelong learning” (aprendizado contínuo) e a necessidade de os profissionais estarem abertos não apenas a adquirir habilidades técnicas, mas também comportamentais.

Para os empregadores, Pereira sugere foco em treinamento e incentivos ao aprendizado constante, além de repensar políticas de remuneração, flexibilidade e benefícios. Ele enfatiza a importância de avaliar o potencial de aprendizagem do candidato, indo além das competências já adquiridas.

Em meio às transformações aceleradas nos negócios, Pereira conclui: “Mais do que nunca, devemos assumir uma postura de eternos aprendizes, pois as transformações nos negócios seguirão aceleradas nos próximos anos.”

Diante desse cenário, tanto empresas quanto profissionais podem encontrar oportunidades estratégicas ao alinhar suas estratégias de contratação e desenvolvimento pessoal com as demandas do mercado em constante evolução.

Fonte: Valor

___

Fique bem informado sobre o mercado imobiliário através do canal do Portal VGV no WhatsApp. Siga já e receba nosso conteúdo em primeira mão: https://whatsapp.com/channel/0029Va8dBp9LI8YX1F7tpl22

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar a notícia

Veja mais

Foto por Pedro Ribeiro Segundo o Índice FipeZap, os preços de locação residencial no Brasil tiveram um aumento significativo de ...
O mercado imobiliário de São Paulo apresentou quase 16 mil transações de compra e venda de imóveis em Janeiro deste ...
Veja todas as regras do FGTS futuro e saiba os detalhes de como ele funciona nos financiamentos imobiliários ...
O estudo indica que o faturamento deflacionado das indústrias de materiais de construção apresentou crescimento de 2,8% no acumulado até ...
Será que podemos ter um novo boom imobiliário no Brasil? Dados recentes apontam venda recorde de novos imóveis, demanda por ...
Foto por Davi Costa No último mês de março, os índices de inflação no Brasil, tanto o IPCA (Índice Nacional ...
Ao mesmo tempo em que vive um bom momento de vendas, setor imobiliário precisa lidar com um entrave: a falta ...
O Índice Nacional de Custo da Construção – Disponibilidade Interna (INCC-DI), calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), é um dos ...
Foto por Leohoho O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) registrou um aumento de 1,06% em março de 2024, ...
Foto por Alex Caceres O mercado imobiliário brasileiro continua a apresentar sinais de dinamismo, com o Índice FipeZAP registrando um ...

Banca VGV