Logo Grupo VGV horizontal
CONFIRA OS PRINCIPAIS INDICADORES DO MERCADO IMOBILIÁRIO | SELIC 10,50% (08/Maio/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL VENDA +0,66% (07/Maio/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL LOCAÇÃO +1,38% (21/Maio/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL VENDA +0,25% (28/Maio/2024) | IGP-M 0,31% (29/04/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL LOCAÇÃO +1,11% (28/Maio/2024) | IPCA 0,16% (10/04/2024) | INCC-M +0,59% (27/Mai/2024) | INCC-DI +0,52% (08/Maio/2024) | IVAR +1,40% (07/Maio/2024) |

Custos da construção apresentam sinais de estabilização em abril

Compartilhar a notícia

Foto por Scott Blake

O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) revelou um panorama interessante para o setor no mês de abril, com uma alta de 0,41%, representando uma aceleração em comparação ao mês anterior. No entanto, este movimento não necessariamente indica uma tendência de aumento contínuo, pois a taxa em 12 meses se manteve próxima ao patamar registrado no mês passado, indicando uma possível estabilização nos custos da construção.

Tendência de Estabilização

Apesar da leve aceleração em abril, o INCC-M sugere uma tendência de estabilização nos custos da construção. Em comparação ao mesmo período do ano anterior, o índice registrou uma grande descompressão, indicando uma relativa estabilidade nos custos em relação ao período anterior.

Análise dos Componentes do INCC-M

O componente referente a Materiais, Equipamentos e Serviços mostrou uma modesta desaceleração em seu crescimento, sugerindo estabilidade nos custos dos insumos e serviços no setor. Por outro lado, o setor da Mão de Obra registrou uma notável aceleração, o que pode impactar os custos de construção no futuro próximo.

Detalhamento dos Componentes

No grupo de Materiais, Equipamentos e Serviços, os materiais e equipamentos registraram um aumento menor em abril, refletindo uma tendência de recuo nos preços desses insumos. No entanto, os serviços apresentaram um aumento significativo na variação, principalmente devido ao item “conta de energia”.

Variação por Localidade

As taxas de variação do INCC-M apresentaram uma dinâmica variada nas diferentes cidades brasileiras. Enquanto algumas capitais, como Salvador, Brasília e Belo Horizonte, registraram uma aceleração em seus custos de construção, o Rio de Janeiro foi a única cidade a apresentar uma queda relativa nos custos.

Perspectivas Futuras

Com sinais de estabilização nos custos da construção e uma dinâmica variada nas diferentes regiões do país, o mercado imobiliário enfrenta um cenário desafiador. No entanto, a análise detalhada dos componentes do INCC-M oferece insights valiosos para investidores e construtores, permitindo uma melhor compreensão das tendências e oportunidades no setor.

Em suma, o INCC-M de abril reflete uma complexa interação de fatores que moldam o mercado imobiliário brasileiro, destacando a importância de uma análise cuidadosa para tomadas de decisão informadas e estratégicas no setor da construção civil.

Redação VGV com informações da FGV

___

Como acompanhar os principais indicadores do mercado imobiliário?

Se você que saber os principais índices do mercado imobiliário, assine gratuitamente o Boletim VGV, nossa newsletter quinzenal com as principais atualizações do setor.

Caso você seja dono de incorporadora e esteja buscando agência de marketing imobiliário para construtoras e incorporadoras, temos soluções específicas para lhe apoiar em seus negócios imobiliários. Fale com nosso time.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar a notícia

Veja mais

Valorização do valor do aluguel comercial também abrangeu preços de venda, que apresentaram a maior variação desde ...
Em comparação a igual período em 2023, o INCC-M de maio 2024 registrou grande descompressão, pois a taxa anualizada em ...
Maiores altas de abril do valor pedido pelo aluguel residencial ocorreram em Fortaleza, Brasília, Florianópolis, Salvador e Curitiba ...
O IPCA de Abril de 2024 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) foi de 0,38% e ficou 0,22 ponto percentual ...
O Comitê de Política Monetária do Banco Central - COPOM - decidiu nesta quarta-feira (8 de Maio) amenizar o ritmo ...
Índice que monitora o preço do aluguel residencial, medido pelo IBRE da Fundação Getúlio Vargas, mostrou incremento significativo em Abril. ...
Com discreta aceleração, o último relatório do Índice FipeZAP mostrou que o preço médio de venda de imóveis residenciais subiu ...
Foto por Charles de Luvio No cenário do mercado imobiliário, a observação atenta dos indicadores econômicos é crucial para entender ...
Foto por Scott Blake O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) revelou um panorama interessante para o ...
Foto por All Bong No panorama do mercado imobiliário comercial brasileiro, o último mês de março de 2024 trouxe uma ...

Banca VGV