Logo Grupo VGV horizontal
CONFIRA OS PRINCIPAIS INDICADORES DO MERCADO IMOBILIÁRIO | SELIC 10,50% (08/Maio/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL VENDA +0,66% (07/Maio/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL LOCAÇÃO +1,38% (21/Maio/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL VENDA +0,25% (28/Maio/2024) | IGP-M 0,31% (29/04/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL LOCAÇÃO +1,11% (28/Maio/2024) | IPCA 0,16% (10/04/2024) | INCC-M +0,59% (27/Mai/2024) | INCC-DI +0,52% (08/Maio/2024) | IVAR +1,40% (07/Maio/2024) |

Aluguel comercial se mantém em trajetória positiva e cresce 0,63% em março

Compartilhar a notícia

Foto por All Bong

No panorama do mercado imobiliário comercial brasileiro, o último mês de março de 2024 trouxe uma série de nuances e tendências dignas de análise. De acordo com os dados fornecidos pelo Índice FipeZAP, que monitora os preços de venda e locação de salas e conjuntos comerciais de até 200 m², o cenário apresentou movimentos modestos, porém notáveis.

Variação Mensal: Venda e Locação

Em março, os preços de venda de salas e conjuntos comerciais apresentaram uma variação discreta de 0,02%, contrastando com a alta de 0,63% nos preços de locação do segmento. Esse resultado indicou uma leve desaceleração em relação ao mês anterior, quando os preços de venda haviam registrado uma variação de 0,73%. Enquanto isso, o IPCA/IBGE exibiu uma inflação ao consumidor de 0,16%, enquanto o IGP-M/FGV apurou uma deflação de 0,47%.

Analisando individualmente as 10 localidades monitoradas pelo Índice FipeZAP, as variações mensais nos preços de venda e locação revelaram um quadro heterogêneo. Destaque para o crescimento em locais como Salvador, Curitiba e Porto Alegre, enquanto Rio de Janeiro, Brasília e Niterói experimentaram recuos nos preços de venda.

Análise Anual: Venda e Locação

Ao longo dos últimos 12 meses, os preços de venda de imóveis comerciais acumularam uma queda de 0,49%, em contraste com a valorização de 7,02% no aluguel do segmento no mesmo período. Essa discrepância indica uma dinâmica peculiar, onde o mercado de locação mostra-se mais resiliente.

Comparativamente, os índices de preço de referência da economia apresentaram variações acumuladas distintas, evidenciando a relativa estabilidade dos preços de locação frente às oscilações macroeconômicas.

Preço Médio: Venda e Locação

O preço médio de salas e conjuntos comerciais de até 200 m² foi avaliado em R$ 8.388/m² para venda e R$ 43,08/m² para locação, de acordo com a amostra utilizada no cálculo do Índice FipeZAP Comercial de março de 2024. São Paulo destacou-se como a cidade com os maiores valores médios tanto para venda quanto para locação, seguida por Rio de Janeiro, Florianópolis e outras localidades importantes do mercado.

Rentabilidade do Aluguel Comercial

A rentabilidade do aluguel comercial, medida pela razão entre o preço médio de locação e o preço médio de venda, revelou-se atrativa em março de 2024. Com um retorno médio de 6,38% ao ano, o investimento em imóveis comerciais para locação superou tanto a rentabilidade projetada para a locação de imóveis residenciais quanto o retorno médio de aplicações financeiras de referência.

As taxas de retorno variaram entre as diferentes cidades monitoradas, com Salvador liderando a lista seguida por Campinas, Brasília e São Paulo. Esses números destacam a atratividade do mercado imobiliário comercial como uma opção de investimento rentável e relativamente estável em meio às flutuações econômicas.

Em suma, os dados analisados sugerem uma dinâmica complexa no mercado imobiliário comercial brasileiro, onde diferentes localidades e segmentos apresentam variações distintas, mas mantêm uma atratividade geral para investidores e locatários.

Redação VGV com informações do DataZap

___

Como acompanhar os principais indicadores do mercado imobiliário?

Se você que saber os principais índices do mercado imobiliário, assine gratuitamente o Boletim VGV, nossa newsletter quinzenal com as principais atualizações do setor.

Caso você seja dono de incorporadora e esteja buscando agência de marketing imobiliário para construtoras e incorporadoras, temos soluções específicas para lhe apoiar em seus negócios imobiliários. Fale com nosso time.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar a notícia

Assine GRÁTIS e receba nossos conteúdos em seu e-mail

Últimas publicações

Veja mais

Em comparação a igual período em 2023, o INCC-M de maio 2024 registrou grande descompressão, pois a taxa anualizada em ...
Maiores altas de abril do valor pedido pelo aluguel residencial ocorreram em Fortaleza, Brasília, Florianópolis, Salvador e Curitiba ...
O IPCA de Abril de 2024 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) foi de 0,38% e ficou 0,22 ponto percentual ...
O Comitê de Política Monetária do Banco Central - COPOM - decidiu nesta quarta-feira (8 de Maio) amenizar o ritmo ...
Índice que monitora o preço do aluguel residencial, medido pelo IBRE da Fundação Getúlio Vargas, mostrou incremento significativo em Abril. ...
Com discreta aceleração, o último relatório do Índice FipeZAP mostrou que o preço médio de venda de imóveis residenciais subiu ...
Foto por Charles de Luvio No cenário do mercado imobiliário, a observação atenta dos indicadores econômicos é crucial para entender ...
Foto por Scott Blake O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) revelou um panorama interessante para o ...
Foto por All Bong No panorama do mercado imobiliário comercial brasileiro, o último mês de março de 2024 trouxe uma ...
Foto por Amanda Lins O panorama econômico do mercado imobiliário permanece em destaque à medida que os índices econômicos continuam ...

Banca VGV