Logo Grupo VGV horizontal
CONFIRA OS PRINCIPAIS INDICADORES DO MERCADO IMOBILIÁRIO | SELIC 10,50% (08/Maio/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL VENDA +0,74% (05/Junho/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL LOCAÇÃO +1,38% (21/Maio/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL VENDA +0,25% (28/Maio/2024) | IGP-M 0,31% (29/04/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL LOCAÇÃO +1,11% (28/Maio/2024) | IPCA 0,16% (10/04/2024) | INCC-M +0,59% (27/Mai/2024) | INCC-DI +0,86% (07/Junho/2024) | IVAR +0,21% (06/Junho/2024) |

Qual a importância das práticas ESG na construção civil? – por José Luiz Camarero Neto

Compartilhar a notícia

As pautas ambientais seguem em alta nos mais diversos setores da economia e o equilíbrio da sustentabilidade é o grande desafio para empresas da construção civil. As pautas ESG (environment, social e governance), nada mais são do que indicadores que tem como objetivo medir o impacto e a influência de três áreas dentro das empresas: governança ambiental, social e corporativa.

Pesquisas acadêmicas apontam que a construção civil é responsável por consumir até 75% de todos os recursos naturais do planeta. Com números tão alarmantes, a fiscalização nessas áreas e medidas para reduzir possíveis danos à natureza se tornaram comuns nas construtoras, fazendo com que os greens buildings (prédios verdes) se tornem cada vez mais populares.

Hoje, engana-se quem acha que o assunto é apenas da boca para fora. A falta de zelo com as práticas ambientais podem impactar, diretamente, em diversos setores da empresa e todo seu funcionamento, como, por exemplo:

Retenção de talentos

Além do cuidado com o nosso planeta, investir em práticas sustentáveis agora pode ajudar a atrair os melhores talentos do futuro. Segundo estudos, em 2029, cerca de 70% a 72% da força de trabalho será ocupada pela geração Milênio, que se preocupam com a temática ESG.

As novas gerações carregam consigo o DNA das causas socioambientais. Hoje, para uma empresa atrair novos talentos, é imprescindível ter no seu portfólio ações que contemplem práticas sustentáveis, por exemplo. Para que uma construtora ou incorporadora consiga ser bem vista no mercado, garantindo visibilidade, atraindo talentos e clientes, ela precisa ter o meio ambiente na sua pauta diária.

Vantagens econômicas

Em 2020, a B3 lançou o Índice ESG, que reúne dezenas de empresas que cumprem critérios de sustentabilidade. Para ingressar na lista, as organizações devem fazer parte do S&P Brazil, benchmark que mede os investimentos de empresas brasileiras. Além disso, a bolsa brasileira recusa companhias que não aderem aos princípios do Pacto Global da ONU.

Uma das vantagens dessas práticas na construção civil é o consumo consciente dos recursos, além da maior facilidade de atrair investidores, já que essas pautas são valorizadas por bancos e fundos de investimento na hora de identificar novas oportunidades.

Cuidados com meio ambiente

O mercado da construção civil utiliza cerca de 21% da água tratada do planeta, sendo um dos materiais mais utilizados durante uma obra. Além disso, o consumo de energia elétrica impacta diretamente na emissão de gás carbônico, impactando diretamente no aquecimento global.

A reutilização da água por meio da captação pluvial em cisternas pode ser facilmente implementada no canteiro de obras. Com um sistema próprio de filtração é possível reaproveitar a água para limpeza de equipamentos ou resfriamento de equipamentos.

Isso mostra a importância das empresas estarem atentas às questões ecológicas. Além de colaborar com o meio ambiente, esses pontos podem ajudar no crescimento, gerando visibilidade, atraindo e retendo talentos em prol de um mundo mais verde.

José Luiz Camarero Neto

Sócio diretor das construtoras Bild Desenvolvimento Imobiliário e Vitta Residencial Construtora e Incorporadora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar a notícia

Veja mais

O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) de maio de 2024 registrou variação de 0,21%, representando uma desaceleração em relação à ...
Entre as capitais, maiores altas dos preços dos imóveis residenciais ocorreram em Curitiba, Goiânia, Maceió, Salvador e ...
Valorização do valor do aluguel comercial também abrangeu preços de venda, que apresentaram a maior variação desde ...
Em comparação a igual período em 2023, o INCC-M de maio 2024 registrou grande descompressão, pois a taxa anualizada em ...
Maiores altas de abril do valor pedido pelo aluguel residencial ocorreram em Fortaleza, Brasília, Florianópolis, Salvador e Curitiba ...
O IPCA de Abril de 2024 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) foi de 0,38% e ficou 0,22 ponto percentual ...
O Comitê de Política Monetária do Banco Central - COPOM - decidiu nesta quarta-feira (8 de Maio) amenizar o ritmo ...
Índice que monitora o preço do aluguel residencial, medido pelo IBRE da Fundação Getúlio Vargas, mostrou incremento significativo em Abril. ...
Com discreta aceleração, o último relatório do Índice FipeZAP mostrou que o preço médio de venda de imóveis residenciais subiu ...
Foto por Charles de Luvio No cenário do mercado imobiliário, a observação atenta dos indicadores econômicos é crucial para entender ...

Banca VGV