Logo Grupo VGV horizontal
CONFIRA OS PRINCIPAIS INDICADORES DO MERCADO IMOBILIÁRIO | SELIC 10,50% (08/Maio/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL VENDA +0,74% (05/Junho/2024) | FIPEZAP+ RESIDENCIAL LOCAÇÃO +1,38% (21/Maio/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL VENDA +0,25% (28/Maio/2024) | IGP-M 0,31% (29/04/2024) | FIPEZAP+ COMERCIAL LOCAÇÃO +1,11% (28/Maio/2024) | IPCA 0,16% (10/04/2024) | INCC-M +0,59% (27/Mai/2024) | INCC-DI +0,86% (07/Junho/2024) | IVAR +0,21% (06/Junho/2024) |

A revolução tecnológica do SGR e o novo convênio CAIXA-CRECI – por João Teodoro da Silva

Compartilhar a notícia

O Cofeci modernizou o Sistema Cofeci-Creci em parceria com a Conta Fácil, resultando no SGR, um sistema baseado em blockchain que revoluciona transações imobiliárias.
A REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA DO SGR E O NOVO CONVÊNIO CAIXA-CRECI

Preocupado em manter o Sistema Cofeci-Creci em sintonia com a nova realidade tecnológica, o Cofeci firmou com a empresa Conta Fácil um contrato de parceria público-privada, mediante um processo de chamada pública. O objetivo da contratação foi o desenvolvimento de um projeto que colocasse Corretores de Imóveis e imobiliárias na vanguarda dos acontecimentos tecnológicos. O isolamento social decorrente do Coronavírus impulsionou o uso de ferramentas de software já então disponíveis e, consequentemente, da tecnologia.


A solução encontrada foi a criação do SGR – Sistema de Governança e Registro de Contratos Imobiliários e Documentos. A plataforma foi disponibilizada ao mercado em setembro de 2022. Trata-se de verdadeira revolução tecnológica aplicável às transações imobiliárias. Todo baseado em tecnologia blockchain, a mesma utilizada pelas inexpugnáveis criptomoedas, o SGR desburocratiza e reduz custos com arquivamento de documentos, moderniza nossa fiscalização e automatiza vistorias e processos de escrituração e registro de imóveis.


O SGR registra contratos e documentos de forma criptografada e absolutamente segura. Considerando a condição de autarquia federal e a fé pública conferidas por lei ao Cofeci, em conformidade com a Lei nº 14.382/22, que criou o SERPE – Sistema Eletrônico Unificado de Registros Públicos, pessoas físicas e jurídicas inscritas no Sistema Cofeci-Creci têm à disposição o mais ágil e moderno meio registrador de contratos e documentos, a baixíssimo custo. O registro de opções permite a substituição da fiscalização presencial pela virtual.


Somente para Corretores e imobiliárias, o SGR permite o registro de documentos relativos à compra, venda, permuta, locação e avaliação de imóveis e gestão condominial, como: contratos e promessas de compra e venda, contrato preliminar, contrato de permuta, recibo de sinal de negócio, arrendamento, built-to-suit (construção para aluguel por encomenda), locação, comodato, fiança, autorização para venda ou locação, atas condominiais, PTAM-Parecer Técnico de Avaliação Mercadológica e qualquer outro documento imobiliário.


O SGR permite também assinaturas eletrônicas validadas com biometria facial ou senha exclusiva e promove, automaticamente, a escrituração e registro de imóveis. Assim sendo, o Sistema chamou a atenção da Caixa Econômica Federal. Nesta quinta, 23, a demonstração do SGR encantou os técnicos do Banco. Em momento posterior, reuniram-se os presidentes Carlos Vieira e João Teodoro (Caixa e Cofeci), juntamente com o Secretário do Cofeci, Rômulo Lima, e acordaram o relançamento de um inédito convênio de cooperação.


Pelo novo acordo, todos os Corretores e Imobiliárias em situação regular junto ao Creci serão automaticamente habilitados para vender imóveis da Caixa, por meio do SGR. A Caixa também disponibilizará imóveis da União, estados e municípios sob sua responsabilidade. A ideia é que todo o processo de venda seja automatizado, sem que a Caixa tenha qualquer contato com os compradores e, só eventualmente, com os Corretores e imobiliárias. Todo o processo, desde a venda até a escrituração e o registro, será gerido pelo SGR. Uma revolução!

João Teodoro da Silva
Presidente – Sistema Cofeci-Creci – 25/NOV/2023

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar a notícia

Veja mais

O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) de maio de 2024 registrou variação de 0,21%, representando uma desaceleração em relação à ...
Entre as capitais, maiores altas dos preços dos imóveis residenciais ocorreram em Curitiba, Goiânia, Maceió, Salvador e ...
Valorização do valor do aluguel comercial também abrangeu preços de venda, que apresentaram a maior variação desde ...
Em comparação a igual período em 2023, o INCC-M de maio 2024 registrou grande descompressão, pois a taxa anualizada em ...
Maiores altas de abril do valor pedido pelo aluguel residencial ocorreram em Fortaleza, Brasília, Florianópolis, Salvador e Curitiba ...
O IPCA de Abril de 2024 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) foi de 0,38% e ficou 0,22 ponto percentual ...
O Comitê de Política Monetária do Banco Central - COPOM - decidiu nesta quarta-feira (8 de Maio) amenizar o ritmo ...
Índice que monitora o preço do aluguel residencial, medido pelo IBRE da Fundação Getúlio Vargas, mostrou incremento significativo em Abril. ...
Com discreta aceleração, o último relatório do Índice FipeZAP mostrou que o preço médio de venda de imóveis residenciais subiu ...
Foto por Charles de Luvio No cenário do mercado imobiliário, a observação atenta dos indicadores econômicos é crucial para entender ...

Banca VGV