Hello world!

Inovação e crescimento: Palmas, no Tocantins, representa o potencial do mercado imobiliário brasileiro


Um país emergente e a capital mais jovem do Brasil: nem só de potencial econômico e capacidade de expansão constituem-se. Ambos cenários – nacional e estadual – apresentaram recentemente índices que evidenciam grandes potencialidades.


Para se ter uma ideia, salva as diferenças proporcionais e considerando o contexto macroeconômico conflitante no Brasil, o crescimento da construção civil no terceiro trimestre de 2019 condensou-se em 1,3%. Enquanto isto, segundo o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Tocantins recebeu um crescimento de 1,13% novos moradores no estado em um ano. Números de ambas regiões que são, de certa forma, tímidos, mas representativos para o contexto local. 


O Brasil e o Estado do Tocantins, que está localizado ao Norte do país, no quesito dados, trazem ainda outras metáforas aos observadores mais perspicazes. 


Crescimento imobiliário


Recentemente, a mídia pôde relatar que, na capital do estado, mais precisamente na região da Orla de Palmas que é a mais desejada da cidade, foi lançado o prédio mais alto da região Norte do Brasil.


Lançado em agosto deste ano, o projeto do empreendimento denominado Orla Sky é de 42 pavimentos e será desenvolvido pela construtora e incorporadora palmense Fama Empreendimentos Imobiliários. Mais de 90% das unidades já foram comercializadas.


De acordo com João Pimenta, diretor da imobiliária de Palmas, TO, Casa63, um fator importante que contribui para o emplacamento imobiliário vivido por Palmas, entre outros fatores, é a grande demanda universitária. "A cidade possui, dentre diversas faculdades, um campus da UFT (Universidade Federal do Tocantins) e um campus da UNITINS (Universidade do Tocantins), instituições públicas que oferecem uma grande oferta de vagas em seus cursos, além de diversas outras instituições particulares. Somadas, atraem cerca de 600 estudantes a cada ano, muitos dos quais optam por permanecer no município após a formatura, geralmente empreendendo ou trabalhando em posição de destaque nas diversas empresas da região ou até mesmo no serviço público, outro importante gerador de emprego e um dos responsáveis pela movimentação da economia local”, finaliza o empresário.


Fontes: https://www.portalvgv.com.br/palmas-no-tocantins-tera-o-predio-mais-alto-da-regiao-norte-do-brasil

https://www.portalvgv.com.br/mercado-imobiliario-de-palmas-no-tocantins-comeca-a-se-destacar-no-brasil



Portal VGV

Portal VGV

Comentários


Próximo evento

Congresso do Mercado Imobiliário da Bahia

O mercado imobiliário pós-retomada econômica

Faltam:

Garanta Aqui

CONFIRA AS EDIÇÕES ANTERIORES

Saiba como foi

BANCA VGV

Fique atualizado com o melhor da central de conhecimento do mercado imobiliário! Conheça cursos exclusivos e as melhores publicações do setor.

Confira a banca completa

Patrocínio Institucional