Hello world!

Empresários da construção civil em Minas Gerais permanecem otimistas apesar da queda nas atividades


Pesquisa divulgada neste mês pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG) mostra que em janeiro os índices da Sondagem da Indústria da Construção de Minas Gerais apresentam queda de atividade e número de empregados. Contudo, o indicador de atividade foi o maior para o mês em nove anos e o índice de emprego foi o mais elevado para janeiro em cinco anos.


Os empresários da construção esperam avanço do nível de atividade nos próximos seis meses, conforme índice de 60,8 pontos em fevereiro. "O indicador cresceu 4,0 pontos em relação a janeiro (56,8 pontos) e superou, pelo quarto mês seguido, a fronteira dos 50 pontos. O resultado de fevereiro foi o maior para o mês desde 2012 (63,2 pontos). Ressalta-se que desde agosto de 2012 o indicador não superava 60 pontos", avalia Furletti.  


O indicador de atividade da construção marcou 46,0 pontos em janeiro, aumento de 4,1 pontos em relação a dezembro (41,9 pontos). O resultado, mais próximo da linha de 50 pontos, sinaliza uma retração menos intensa da atividade. Vale destacar que o resultado de janeiro foi o melhor para o mês desde 2010 (56,1 pontos), quando houve avanço da atividade.


Portal VGV

Portal VGV

Comentários


Próximo evento

Congresso do Mercado Imobiliário de Recife e Região

O mercado imobiliário pós-retomada econômica

Faltam:

Garanta Aqui

CONFIRA AS EDIÇÕES ANTERIORES

Saiba como foi

BANCA VGV


Adquira guias completos do mercado imobiliário da sua região. Tenha em suas mãos tudo o que precisa para vender mais.


saiba mais

Patrocínio Institucional