Hello world!

Altas de 9,7% em vendas e 4,2% em lançamentos mantém recuperação do mercado imobiliário em 2019


O mercado de imóveis residenciais no Brasil manteve em janeiro, fevereiro e março de 2019 uma tendência de crescimento, com o aumento de 9,7% nas vendas de unidades e de 4,2% nos lançamentos de novas casas e apartamentos, em relação ao mesmo intervalo de 2018. A constatação foi feita pelo presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins, e pelo vice-presidente de Indústria Imobiliária da CBIC, Celso Petrucci. 


Celso Petrucci destacou o impacto dos lançamentos e das vendas na geração de empregos no segmento. “Depois de cinco anos de PIB negativo na construção civil, estamos percebendo também no emprego, pela primeira vez, essa reversão de expectativa negativa. Em 2019, de janeiro a abril, já estamos com mais vagas criadas que nos 12 meses de 2018”, disse o vice-presidente, ao lembrar os dados sobre emprego, pela primeira vez, essa reversão de expectativa negativa. Em 2019, de janeiro a abril, já estamos com mais vagas criadas que nos 12 meses de 2018”, disse o vice-presidente, ao lembrar os dados mais recentes do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia. “Isso, em parte, é resultado de novas obras, que refletem seu crescimento na empregabilidade”, afirmou.


Apesar dos dois primeiros índices positivos, a oferta final dos mesmos produtos analisados apresentou uma queda de 8,6%. Em um panorama geral o diretor da CBIC ressaltou: “De novo, nossos números demonstram um crescimento lento, gradual e preciso, mas constante, desde 2017”.


José Carlos Martins explicou esta queda nos números da oferta final, ou do estoque de imóveis novos, que já chegou a ser de 21 meses e agora está em 11,6 meses. “Quando a gente olha os últimos dois anos, os números estão muito parecidos. Há uma tendência clara no aumento dos lançamentos e de vendas. Entretanto, os lançamentos ainda não estão adequados à venda, por isso temos o estoque em queda”, informou o presidente da CBIC.


Os dados analisados são dos ‘Indicadores Imobiliários Nacionais’ referentes ao primeiro trimestre deste ano sobre o estudo, uma ação da Comissão de Indústria Imobiliária (CII) da CBIC, correalizada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Nacional (Senai Nacional).  Mais de 23 capitais e regiões metropolitanas de todo país são abordadas.


Fonte: http://www.sinduscondf.org.br/portal/noticia/3883/altas-de-9,7*-em-vendas-e-4,2*-em-lancamentos-mantem-recuperacao-do-mercado-imobiliario-em-2019


Portal VGV

Portal VGV

Comentários


Próximo evento

Congresso do Mercado Imobiliário de Recife e Região

O mercado imobiliário pós-retomada econômica

Faltam:

Garanta Aqui

CONFIRA AS EDIÇÕES ANTERIORES

Saiba como foi

BANCA VGV


Adquira guias completos do mercado imobiliário da sua região. Tenha em suas mãos tudo o que precisa para vender mais.


saiba mais

Patrocínio Institucional