Hello world!

Cinco construtoras residenciais devem entrar na Bolsa e movimentar R$ 5 bi


O mercado de construção civil está aquecido e os impactos são sentidos na bolsa de valores. Para 2020, a previsão é que ao menos cinco construtoras residenciais façam ofertas iniciais de ações na bolsa de valores. Juntas, devem movimentar R$ 5 bilhões. As companhias buscam musculatura para acelerarem seus lançamentos.


Em 2020, as construtoras Moura Dubeux e Mit, puxadas pelos juros mais baixos que facilitam financiamentos, já pediram registro para realizarem oferta de ações na CVM (Comissão de Valores Mobiliários).


Um passo antes, e no mesmo caminho, estão Kallas, Cury e You,Inc. As empresas já contrataram sindicatos de bancos contratados para coordenar os processos esperados para o segundo semestre.


A última vez que uma construtora estreou na Bolsa foi em 2009, quando a Direcional abriu capital.


Segundo dados da Economática e do jornal O Estado de S. Paulo, o setor de construção foi o que teve maior retorno (105,8%) na bolsa no ano passado. Os papéis superaram os setores do petróleo e gás (66%), energia elétrica (51%), comércio (40,5%) e intermediários financeiros (20%).


Confira um vídeo exclusivo do canal do Portal VGV sobre o assunto:




Fontes: https://6minutos.com.br/negocios/cinco-construtoras-residenciais-devem-entrar-na-bolsa-e-movimentar-r-5-bilhoes/
 http://www.ademi.org.br/article.php3?id_article=78603


Portal VGV

Portal VGV

Comentários


Próximo evento

Congresso do Mercado Imobiliário da Bahia

O mercado imobiliário pós-retomada econômica

Faltam:

Garanta Aqui

CONFIRA AS EDIÇÕES ANTERIORES

Saiba como foi

BANCA VGV

Fique atualizado com o melhor da central de conhecimento do mercado imobiliário! Conheça cursos exclusivos e as melhores publicações do setor.

Confira a banca completa

Patrocínio Institucional