NEWSLETTER    RECEBA SEMPRE EM PRIMEIRA MÃO NOSSO CONTEÚDO

Mercado imobiliário de luxo deve retomar o crescimento em 2017

comprar-imovel-alto-pardao-curitibaÍndices econômicos apontam para os primeiros sinais de recuperação da economia e devem impulsionar investidores e interessados na compra por imóvel

 

O mercado imobiliário de luxo e super luxo deve retomar o crescimento em 2017. Indicadores econômicos positivos divulgados recentemente por institutos de pesquisas, aliados à redução de estoques e lançamentos em Curitiba nos últimos anos, apontam para o crescimento do segmento de alto padrão no mercado imobiliário ao longo do ano.

 
Segundo André Marin, diretor de incorporação da Construtora e Incorporadora Laguna, focada em imóveis super luxo em Curitiba, os primeiros sinais já aparecem no aumento da frequência de potenciais clientes aos estandes de venda dos empreendimentos. “Podemos notar uma recuperação da confiança dos investidores e compradores. É maior o número de pessoas que visitam nossos estandes e negociam com nossas equipes. Esse é um público que dispõe de recursos, mas aguarda sempre a melhor hora para investir.”

 
Há vários fatores que contribuem para o cenário positivo em 2017, enumera Marin: “O cenário econômico está melhorando e transmitindo indícios de recuperação em diversos setores afetados pela crise. O estoque baixo, a maior oferta de crédito e a queda dos juros também alavancam as expectativas positivas para 2017. Esse é um cenário mais interessante para todos os brasileiros, incluindo o segmento em que trabalhamos, que oferece empreendimentos exclusivos e personalizados”, explica.

 
Investir em tecnologia e inovação integra o planejamento de ações contínuas nos empreendimentos em construção e lançamentos. “A Laguna continua investindo em tecnologia e qualidade para garantir o melhor para os compradores e investidores. Estivemos em Nova Iorque recentemente para um benchmarking com o setor, a fim de trazer novidades em processos construtivos para os nossos projetos”, comenta Marin.

 
O diretor geral da Laguna, Gabriel Raad, lembra que a empresa superou a meta de vendas em 2016, caminhando na contramão do desempenho econômico. “O Brasil passou por um ano difícil, mas soubemos atravessar este período sem nos fragilizar. Os resultados da Laguna contribuem para reforçar o setor da construção civil. Dois dos empreendimentos em construção, o Mai Home e o Mai Work, têm mais de 85% das unidades comercializadas. E até e entrega do Mai Home, que acontecerá em novembro desse ano, o objetivo é que todas as unidades estejam comercializadas.

 

A Laguna é uma marca sólida e que atrai clientes pela capacidade de manter-se equilibrada e produtiva mesmo em meio a crise”, avalia.

 
Atualmente a Laguna conta com dois empreendimentos residenciais e um comercial em construção, o Llum no Batel e as torres Mai Home e Mai Work no Barigui. Um novo empreendimento residencial está em fase de definição do projeto que será erguido na Rua Francisco Rocha com a Avenida Visconde de Guarapuava, uma das esquinas mais tradicionais do Batel.

 
As residências suspensas construídas pela Laguna têm entre 198 m² e 616 m², isolamento térmico e acústico, infraestrutura para automação e aspiração central e piso aquecido com termostato digital. Além de elevadores com biometria, proteção perimetral e guarita blindada com eclusa. O Llum Batel é o primeiro empreendimento residencial do Brasil a receber a pré-certificação internacional de sustentabilidade LEED nível Ouro.

 

 

Comentários


Próximo evento

Congresso do mercado imobiliário de Osasco e região

Novos rumos para a produção de moradias

Faltam:

Garanta Aqui

CONFIRA AS EDIÇÕES ANTERIORES

Saiba como foi

BANCA VGV


Adquira guias completos do mercado imobiliário da sua região. Tenha em suas mãos tudo o que precisa para vender mais.


saiba mais

APOIO INSTITUCIONAL

NEWSLETTER    RECEBA SEMPRE EM PRIMEIRA MÃO NOSSO CONTEÚDO