Demanda por apartamentos compactos segue em alta em todas as regiões da cidade de São Paulo

residence-1226143
Com espaço reduzido, mas muito bem aproveitado, e áreas comuns que atendem às necessidades dos moradores, os compactos seguem em alta em 2017 também na região Leste

 

Os chamados imóveis compactos vieram definitivamente para ficar. A demanda por este tipo de apartamento – seja para investir ou morar – segue alta em todas as regiões da cidade, incluindo a região Leste. “São imóveis cujo espaço interno reduzido é compensado por projetos muito bem feitos e excelente aproveitamento da área útil, com espaços comuns do empreendimento que satisfazem as necessidades dos moradores”, explica Raquel Paravani, gerente de marketing da Porte Engenharia e Urbanismo.

 
Na visão do executivo, as pessoas buscam hoje, em primeiro lugar, qualidade de vida. Querem viver próximo do trabalho e contar com uma boa rede de transporte público e serviços. Querem comodidade, acima de tudo. “Esta nova geração aprendeu a compartilhar aquilo que usa, eventualmente, como espaço para receber amigos, bicicleta, lavanderia e, em um futuro não distante, carro e muito mais.”

 
Nos projetos desenvolvidos pela Porte para imóveis compactos, as áreas comuns têm recebido especial atenção. “Precisamos ouvir o cliente, ver o que ele precisa e o que de fato vai usar, como por exemplo espaços menores para receber poucos amigos ou ampliados para organizar festas, área para trabalhar, lavanderia e central de serviços. Enfim, estamos aqui para mapear e atender a demanda do mercado”, disse Raquel. Sem deixar de lado os diferenciais que sempre marcaram a Porte, alto padrão de construção, automatização, apartamentos entregues prontos, com áreas comuns finalizadas e decoradas, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>