Conheça as diferenças entre as tabelas SAC e Price

portalvgv 25/05/2010 0
Quando o comprador faz a contratação do crédito imobiliário, existem dois sistemas de amortização que são os mais utilizados pelas instituições financeiras e financiamentos direto com a construtora: a tabela Price e o SAC (Sistema de Amortização Constante). Antes de conhecer as características de cada sistema, é necessário entender como se dá a formação da parcela:
Prestação = juros + pagamento do valor emprestado (amortização)

sp1

No caso da Tabela Price, também chamada de Sistema Francês de Amortização, o método de cálculo está em manter parcelas iguais. Como as prestações são constantes, ao longo do financiamento, a parte que cabe à amortização aumenta, enquanto o saldo devedor do juro diminui. Ou seja, nas primeiras parcelas o valor maior será correspondente ao juro e o restante será referente ao montante emprestado.

sp2

Já na tabela SAC, as prestações iniciais são mais altas, mas as amortizações do saldo devedor são constantes. Considerando que as parcelas fixas da prestação diminuem o saldo da dívida, os juros aplicados são consequente cada vez menores. Portanto, o valor das prestações é decrescente.

sp3

Confira abaixo um comparativo entre os dois sistemas:

sp4

Segundo Manoel Maia, vice-presidente do Secovi-Rio, do ponto de vista de custo, os planos são equivalentes. A diferença entre quem opta pela Tabela Price ou SAC está na condição financeira da pessoa. Maia destaca que o SAC é ideal para pessoas que queiram reduzir o valor das prestações ao longo do financiamento, pagando menos por mês ao final do prazo. Já a Tabela Price, de acordo com ele, é indicada para os profissionais com grandes chances de promoções ou aumento de salário e, consequentemente, uma redução relativa do custo da parcela em seu orçamento.

Fonte: Tibério Construções e Incorporações

Comente esta notícia »